Aceita eu?

Tipo de coisa que só acontece comigo:

Estava no supermercado com Filipe e, quando chegamos no caixa, saquei a minha bolsinha de moedas e vi que tinha uma moedinha que se destacava das outras, era um euro. Mas como ela foi parar ali? Não sei, nem queria saber. Ia me livrar dela. Daí eu perguntei pro carinha do caixa: aceita euro?

ELE: ACEITO. CADÊ O PADRE?

EU: PADRE?

ELE: É. VOCÊ NÃO DISSE "ACEITA EU?" EU ACEITO. CADÊ O PADRE?

EU: NÃO. POSSO PAGAR COM EURO? Mostrando a moeda pra ele.

Ele: Ah...

Gente, eu mereço. Primeiro, você nunca ia ouvir de mim: "Aceita eu?"Isso tá errado, cara. Segundo, não estou tão desesperada. Pareço desesperada? Not. Pedir pessoas em casamento por aí, não costumo fazer isso. Terceiro, você não é meu tipo. Bem que poderia ter respondido assim, né? Mas a minha boa educação não permitiu. O cara tava tão sem graça, nem precisava responder nada. Ele ficou com a cara no chão. Mandei bancar o engraçadinho?

Rimos demais.

6 comentários:

Cristina disse...

Hahahaha! Que conversa é essa?! Além de se dar ao luxo de andar com euros por aí, quase casa no meio do supermercado? Ai, ai... :)

Camila Paier disse...

Hahahahahahahaha certas coisas só acontecem conosco, né? Mas eu riria! Achei suuper engraçado, e válido contar aqui, viu..
Um beijo Lala!

Lala disse...

Cada coisa... pois é, Cris. Acontece, né? hahahaha. Apenas algumas moedas.
Muito engraçado!
O pior é ter que segurar o riso toda vez que volto no supermercado.Hahahahaha.
Camila, bom ver você por aqui. Volte sempre! Um beijo!

Debora disse...

Ô fia, e você pagou com euro? Ou ele te propôs pagar de outras formas?

hahahahahahahahhahahahahaha

THAIS disse...

Se fosse eu na cena Lala, já sabe né kkkk vc corre o risco de ir comigo no supermercado depois do acontecido e eu ainda rir na cara do cabra sem ter nada a ver com a história... mas só de saber, não me aguento! kkkk

Lala disse...

Hhahahaha. Nada disso, Debinha. Paguei com real mesmo.
Tata, sei disso. Vc adora as histórias, mesmo que não participe, não veja, sempre ri... as minhas quedas ainda te causam riso? Hahaha.

Postar um comentário

Obrigada!